Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

quinta-feira, 23 de julho de 2015

O que eu fiz...

a vida assim por vias incertas 
imagina so se não posso se livre
pra que tomar banho se esto feliz
ah, os outros...hum...que eles usem um remedio para diminuir o faro de cão
isso
esses delatores são cães amestrados por mouros
mouros ou cristão, tanto faz
ah, professor,..um momento
agora são 03:12


hum...dei tres passos e voltei
dei vontade e voltei
alias tres não, ah deixa eu reconstituir o momento ou movimento

ah sim, foram 4 passos
um passo para cada momento da vida
sim, só vc só vive três códigos na vida e mais um extra sendo este a contradição ou bode ou delação ou cartesianismo
ah e não tem nada a ver a questão da delação com o quadro atual
a delação sempre existiu e, ainda na década de 80, alias, de 60, ela existiu de forma farta e eu, enquanto isso, relatava no meu próprio corpo as coisas 

por falar em corpo, veja só professor jorge

ah, no momento...ah sim, não vou mais dizer para onde vou ou se vou sair e sim o  que fiz..ah cadê os sinais de pontuação...
são tantas coisas a dizer que nem sei...ah o marcelo...ele já foi meu amante e tem ligado para mim por interesse financeiro mas nem tenho atendido apesar da beleza e do prazer que proporciona...nem sei pq não atendi..ah sim, agora sei...falta de tempo...estou muito envolvido com o momento 1 da vida...

: coro que momento

time 03:21

hum..agora sao 03:21 ainda não passou um minuto mas circundei o planeta 8 vezes..ah como ele está lindo

um momento professor

voltei

agora são 3:23

aonde fui...
a lugar nenhum
fiquei sobre a cama feliz sob o momento um
ah professor agora sei a noite é o momento 4 
por isso tenho vontade de morrer a noite
! a delação

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Só mais uma coisa

....
08:00 - Só mais uma coisa...
Eu havia esqueciddo do tempo calendário do mar
...Quanto é hoje mesmo...um momento..vou ver..
....ah sim....14 de maio que corresponde ao dia 61...
que que isso...
como pude passar todo um mês embranco
como pude resistir tanto tempo no mundo ordinário
sem respirar inspirar...
não estou entendeno...
hoje são 61 de júpiter..
já!
Não estou acreditando..isso mesmo?
Vou ter que conferir para ver se não há algum erro
como pude passar tanto tempo em branco
preciso guardar isso lá no dia 61 de júpiter


..,,,


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Aqui começa a sequência anamnese Ou: Do principio ao fim ou fim princípio

Ele(F) não morreu Ou: Acabou o inventário Ou: Aqui começa a anamnese dele(F)
Ele manda avisar que não quer saber de inventário pq não morreu
É verdade, e não morreu
E morre pelas mãos desses que roubam suas obras
Pensam que ele não sabe
Foi no inventário que ele viu que o Obama está de olho em tudo, foi nesta noite que ocorreu a revelação: Ele(Obama) do papel governante. Popel ou poder, tanto faz, ops papel ele(Obama) olhando assim de meio de canto de olho
E de olho nos países da América Latina, no momento a prioridade é a Venezuela
E depois vi um americano jovem de 16 anos muito bom em informática e ele era um hacker maléfico e fez de conta que veio me ajudar olhas minhas obras e na verdade fez backup de tudo
Não me lembro de termos falando num dado momento, só sei que no final quando vi que ele não estava me ajudando e sim vampirizando todos os mais de 200 blogs dele(F) de uma só vez perguntou algumas coisas e ele(hacker) nada respondeu, a não ser que tinha 16 anos
De forma que por causa disso não quero mais saber de inventário por aqui, prá que, prá ser vampirizado por essas parasitas de plantão nos canteiros de obras alheios
Ai eu disse para ele: Hum...sei o que vc está fazendo,,,,..está me roubando....tomara que quando vc voltar ao Brasil daqui a alguns anos volte transformado em artista a partir das minhas obras
Ele(em silêncio)
Aliás, nem devo me importar com isso desde que seja para o bem da cidade-estado e não em função da grana visibilidade por si só e foi tudo telepaticamente, uma vez que  éramos de língua(gem)s diferente(s)
Eu: Vou arrumar 70 telas de computador para expor na parede os 70 blogs que correspondem ao calendário
Ele(silêncio).

segunda-feira, 8 de abril de 2013

A nova forma de hastear a bandeira minha tua nossa

Relato de sonho desta noite: A nova forma de hastear a bandeira  do planeta unida a da confederação brasilina de rios, isso que chamamos de Brasil

domingo, 7 de abril de 2013

Fwd: versículos 84 a 108





Mensagem original
De: jose carlos lima < ideiasemarmario@yahoo.com.br >
Para: edson_barrus@ig.com.br
Assunto: versículos 84 a 108
Enviada: 16/12/2005 12:51

87 se já participei de alguma festa de natal este ano?
Não
Teve uma ontem, lá no meu serviço
Eu estava lá, na sala onde ocorreu a festa
Uma mulher cujo nome começa com M
Ah, nem quero falar o nome dela
Não falo=cito=olhou certos nomes=olhos=seres
Pois que os nomes provocam o que eles simbolizam=olham=são
Eram mais ou menos 14 horas
Ela entra na sala com uma sacola de presentes e vestida de papai, aliás, mamãe noel=noela. Mamãenoela...manoela....marilenoela...sei lá....chega!!!!
Ela ( sorrindo um sorriso branco=pálido=insignificante)=boa tarde, gente!
Coro: boa tarde!!!!!
Noto que ela traz, além dos presente, muito quitutes=comida.... e refrigerantes
Ela começa a distribuir os presentes.
São gritos pra qui e pra li

sexta-feira, 29 de março de 2013

SpinLeaks

Trata-se da experiência referente às conseqüências do ser invasivo, do não dizer-se suficientemente, do não enunciar_se, do não anunciar-se, do entrar pela porta que não está aberta. A não ser que você assuma-se como alguém que quer, propositalmente, invadir, ser invasivo, não pode se surpreender com a resposta do outro,  que pode inclsusive mata-lo, os exemplos estão por aí, mortes decorrentes de invasão de propriedade do outro, que digam os personagens da tragédia de Eldorado dos Carajás, que redundou na morte de 19  invasores do MST. A história é a mesma. Não se pode invadir o e-mail do outro. Ninguém gosta de receber mensagens de desconhecidos, nem via e-mail nem por telefone. A Cecília Cotrim está mais do que coberta de razão. JL foi, embora sem saber, invasivo até dizer chega: “CHEGA!!!!!!!!!!!!!!!!” Tais fatos não deixam de ser enriquecedores e fonte de aprendizado para JL. Tudo faz parte desta história_anamnese. Anamnese de uma comunidade que, às vezes, de um sistema.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Fwd: versículos 84 a 108





Mensagem original
De: jose carlos lima < ideiasemarmario@yahoo.com.br >
Para: edson_barrus@ig.com.br
Assunto: versículos 84 a 108
Enviada: 16/12/2005 12:51


88 Pois não quero ir para esta tua festa pobre
Quem disse isso foi o Cazuza=spin cantor=compositor=humano
Vai ver que sofro de SEV – Síndrome do Escritor Virtual
Assim como o poeta Alberto Carmo
Leia, no versículo seguinte, a poesia dele
.
.
.
.
89 Síndrome do escritor virtual
por Alberto Carmo
O advento da Internet abriu tantas possibilidades. Logo de início pensei: - Isto aqui vai mudar o mundo! E mudou. Mas nem tudo foi um mar de rosas. Com o surgimento dos sites literários, vi ali uma oportunidade única de obter visibilidade.

Aos poucos já estava postando meus textos em 5 sites, depois 10, depois 20, depois... quantos mais? Somava os contadores de acesso, de "hits" - dois mil num, cinco mil noutro, sete mil naquele. Imaginava-me um best-seller virtual, lido milhares de vezes, até admirado talvez. Já pensava em editar um livro, produção própria com meus trocados.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Isso é spin ou isto é do Huble, spin fotógrafo, pertencente ao mundo das pessoas jurídicas

Restos da supernova observada por Kepler há mais de 400 anos.
Foto do Hubble

FONTE: http://www.zenite.nu/

Spin e ou é horizontalidade

A gente quer ter voz ativa: a horizontalidade nos processos comunicacionais
por Prof. Adilson Cabral
Coordenador do Informativo Eletrônico SETE PONTOS

Aprender com a história, comemorando erros e avaliando acertos, é sempre uma atitude bastante necessária e que revela humildade e consciência por parte de seus sujeitos. Fazer valer a comunicação democrática como direito humano é um processo que requer a compreensão de pessoas, grupos, organizações e movimentos numa causa que demanda práticas para além de reivindicações. E é o que buscamos evidenciar em textos anteriores, abordando valores como a participação, a pluralidade e a interatividade, inerentes a uma apropriação social das TICs capaz de promover uma efetiva comunicação democrática em nossa sociedade.

A horizontalidade está relacionada com o compromisso mútuo de equivalência entre todas as partes envolvidas em processos sociais, que não se dá apenas na interatividade, abordada na edição anterior, mas no entendimento de que nossa identidade comum demanda uma solidariedade e uma ajuda mútua, frutos de uma prática que se pretende horizontal.

Somos capazes de aprender e ensinar, também de construir juntos atividades de modo compartilhado, nos quais cada qual contribui com seus aprendizados e aprende na troca com seus semelhantes, compreendendo a dimensão da importância de cada elemento no todo, para que um processo coletivo se construa de modo exitoso.
Alguns ensinamentos mais recentes

Assim aprendemos que precisamos cada vez mais, em tempos de convergência e digitalização dos meios de comunicação, contar com interfaces mais bem estabelecidas entre técnicos e ativistas políticos, possibilitando a construção de alternativas viáveis do ponto de vista tecnológico a partir de pressupostos políticos de interesse da sociedade. É preciso buscar também outras interfaces entre a academia - a partir da produção de conhecimento engajado e aplicável às populações mais necessitadas - e as organizações dos movimentos sociais, cujo engajamento carece de estratégias mais bem estruturadas e do apoio qualificado e disposto dos estudantes universitários e docentes.

Muito perdemos pela ausência dessa articulação e muito também por achar que isolados poderíamos ir mais longe. Se estamos todos no mesmo barco não existe caminho solitário que não seja o de pular na água e não ter apoio. Muito mais difícil chegar onde se deseja. A horizontalidade pressupõe o reconhecimento da equivalência entre os atores sociais num determinado contexto ou de sua busca através de recursos e vivências capaz de tornar mais fortes as relações. Torna-se uma demanda cada vez maior em relação aos futuros desafios para possibilitar melhores condições em processos e práticas mais democráticas, sejam estes na gestão e produção de meios alternativos/comunitários ou mesmo na regulação e acesso aos meios corporativos.
Pensar e agir contemplando a horizontalidade é, em última análise, conceber usuários de comunicação capazes de construir conhecimento, exercer e promover o exercício da cidadania através de sua relação com a comunicação. Mais que botões, códigos e tecnologia, diz respeito à formulação de políticas e práticas que intensifiquem tal perspectiva, para a melhoria de todas as práticas sociais e da própria efetivação dos demais direitos humanos fundamentais.
 

Isto é spin

Retificação
Em alguns posts anteriores onde está escrito Moiebius leia-se Moebius

a fita de moebius é uma jóia real! - esgotado

fita1.jpg
Vocês já devem ter ouvido falar da Fita de Moebius não é?! Não?! Pois eu acho uma das coisas mais encantadoras do mundo. Um objeto bidimensional com apenas uma face. Yin e yang, claro e escuro, doce e salgado, sim e não, bem e mal, somos nós: eu e você. O símbolo do infinito. A inspiração para as obras de MC. Escher e tantos outros artistas. Agora é uma jóia real.
fita4.jpg
Desenvolvida pela designer de jóias Joana VP, essa jóia e tantas outras de sua autoria, arrebataram meu coração na minha última passagem por Brasília. Assim surgiu essa parceria real. Eu convidei Joana a juntar-se a nós e algumas peças selecionadas por mim de autoria de Joana, que eu uso, amo e assino embaixo, serão vendidas aqui no reino. Esta é a primeira delas.
fita2.jpg
Em prata 950 maciça, super resistente, a fita de moebius é uma peça inusitada, que pode ser usada das mais diversas formas, para você carregar sempre o infinito nas mãos. ;o)
fita5.jpg
O design foi desenvolvido para encaixar em qualquer tamanho de dedo, dependendo da extremidade que você coloca (uma maior e outra menor), você tem um efeito ousado e diferente. Se você quiser, também pode usar como um pingente, amarrando uma fita ou corrente no pescoço.
fita6.jpg
É uma edição super limitada, para poucas e boas. ;o) ESGOTADO

Isto é spin

Perdi o link

Ana de Hollanda será a Ministra da Cultura. - Clique aqui

Laerte, spin crossdesser, pertencente à raça humana - Clique aqui

CALA A BOCA, MÃE!!! ou Isso é coisa de adolescente... e daí? - Clique aqui

domingo, 16 de maio de 2010

A diversidade cultural do Amapá

Indios

Artistas contemporâneos

Negros

.
Aqui mais vídeos postados IV Avatar e outros avatares
.

Marília Pera

No sonho desta noite falei para a Marília Pera que ela cantava muito bem mas que eu não entendia o motivo pelo qual as atrizes que cantam ou cantrizes não fazem sucesso como cantoras

No sonho ela estava hospedada no Hotel Del Rey, segue link
http://z.about.com/d/gocentralamerica/1/0/B/D/-/-/delrey.JPG
Esta fotografia é de um Hotel Del Rey na Costa Rica
Engraçado, se parece com o de Goiânia, apesar de, que já disse, esta beleza está presente apenas na parte externa
.
Este assunto continua aqui http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/05/15/videos-do-dia-140/
.

A atrasada elite brasileira quer eleger Serra no tapetão

Esta elite brasileira que nem chega a ser conservadora mas atrasada mesmo, se esgoelou para manter os golpistas em Honduras. E olhe lá que a economia de Honduras, na base da venda de bananas, é um grão de areia em comparação com a do Brasil. Por aí se tem a noção de que, o que foram capazes de fazer em Honduras durante o golpe, por aqui serão capazes de coisas inimagináveis para que Serra receba de Lula a faixa presidencial. O pior de tudo é que a sociedade está desmobilizada para defender a democracia e os interesses nacionais, o que torna o terreno fértil para os golpistas. Lembro-me que na época do debate sobre a Lei do Divórcio a sociedade se mobilizou e defendeu o projeto apesar da campanha da Igreja Católica. Sinto falta desta moblização agora, exatamente no momento em que dela mais precisamos. Caso contrário, este golpistas que torturam Dilma na época da ditadura e que continuam torturando-na, lograrão êxito, Deus queira que não.


Segue abaixo postagem do Eduardo Guimaraes em seu blog

Direita brinca com o fogo

Instado por um leitor, fui ler post do deputado Brizola Neto Neto em seu blog em que, com todo o conhecimento de causa de um parlamentar, vê risco de a oposição tucano-pefelê e essa quadrilha de bandidos que controla veículos de comunicação de história golpista como o jornal O Estado de São Paulo, buscarem alternativa não eleitoral para eleger José Serra.
É por falta de voto que a direita brasileira começa a flertar com o golpismo, como sempre foi neste país. E a Justiça Eleitoral, de acordo com o deputado pedetista e com a matéria do jornal paulista, estaria disposta a embarcar na mais nova aventura golpista da famigerada direita brasileira.
Caso seja verdade o que diz a matéria desse jornal calhorda, é muito grave a mera cogitação de impedir Dilma de disputar a eleição.
Que tem havido excessos nas pré-campanhas eleitorais de todos os candidatos, de todos os partidos e em todos os níveis em relação à lei esdrúxula que, a poucos meses da eleição, obriga a classe política a fingir que não haverá eleição, disso não resta a menor dúvida. Contudo, o fato de o PT estar cochilando ao não bater às portas da Justiça para reclamar que o PSDB faz exatamente a mesma coisa, não quer dizer que só a campanha de Dilma está em campo.
O Estadão prega a inelegibilidade de Dilma por conta dos programas eleitorais na tevê e no rádio de que ela participou recentemente. Isso porque, nas urnas, essa direita meliante que infesta o Brasil sabe que não vencerá a eleição.
A direita perdeu sua mais eficaz arma de fraude eleitoral com a representação do Movimento dos Sem Mídia, ou seja, a fraude em pesquisas, arma que tentaria induzir o eleitorado a votar em um José Serra falsamente colocado na dianteira. Então começa a se desesperar e a cogitar saídas golpistas, como sempre fez.
Pois aqui vai um aviso ao Estadão, à Globo, à Folha, à Veja e aos políticos que controlam esses veículos: NÃO TENTEM!!
A menos que os militares estejam dispostos a dar novo golpe de Estado, isolando o Brasil da comunidade internacional e destruindo todas as magníficas conquistas logradas pelo país depois da catástrofe tucana de oito anos no governo federal, os movimentos sociais, os sindicatos e, sobretudo, os cidadãos comuns de todas as partes do país sairão às ruas em defesa da democracia.
Querem multar, suprimir programas institucionais só de um dos lados na tevê e no rádio apesar de que o outro lado faz a mesma coisa? Enquanto o PT continuar dormindo no ponto, podem fazer, pois, apesar de o outro lado fazer a mesma coisa, estarão dentro da lei. Mas, no tapetão, vocês, canalhas reacionários e golpistas, não elegerão Serra.
Estou absolutamente certo de que não falo só por mim. O povo brasileiro não aceitará nada menos do que uma disputa legítima entre Serra, Dilma, Marina e quem mais se candidatar. Se tentarem impedir essa disputa por conta de o candidato da elite apodrecida não ter votos fora de São Paulo, abrirão as portas do inferno. Podem acreditar.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

D

Interessante esta foto que tirei no mato, este efeito visual provocado por algum mecanismo da câmera ou algum defeito

Título: Luzes ao anoitecer, provavelmente efeito do flash

Onde: ao pé da serra que compõe a paisagem da cidade-estado de Sambaíba – Rio Balsas

Quando: 3-1-2008

Como: Máquina Fotográfica Digital – Sony 7 Mega Pixels


Recordo-me agora, ao fotografar eu ouvi um som, uma espécie de sinfonia provocada por estas luzes, embora isto aí parece ser efeito do flash, de forma que não sei de onde veio aquele som

Atualização - 16/05/2010

Ah sim, agora lembro-me desta sinfonia, olha só que importante para mim o formato desta rede de blogs, o que me permitiu voltar a disso que eu havia até esquecido. Lamento não ter colocado minhas coisas aqui, quando preferi jogar tudo fora para ficar livre do amontado de textos, fotos, vídeos, objetos, plantas de instalações, coisas que eu trazia aquivado em latas d'agua, no total de 70, correspondendo cada uma a dia útil do calendário do IV Avatar.